quinta-feira, 11 de julho de 2013

Cavaco quer "tudo ao monte e fé em Deus"


Eis que quando todos esperavam que Cavaco fizesse mais do mesmo, ou seja... deixar andar as coisas sem tumultos, ele decidiu agir como Presidente e fazer algo pela vida. Cavaco está farto das mixeriquices e intrigas que se multiplicam entre os partidos - incluindo alguns (um) que se parece ter esquecido do papel que teve para chegarmos ao ponto em que estamos, e que também assinou o acordo com a troika; e quer um Governo de Salvação Nacional unido, com PSD, CDS e PS a lutarem pelos interesses do país e não dos seus tachos individuais.

Todos são livres de concordar ou não com esta posição... mas quanto a mim é algo que já deveria ter sido feito há muito mais tempo. Por muito que seja bom escutar algumas propostas de outros partidos, que falam de "rasgar acordos" e outras coisas como se isso não fosse ter repercussões bastante complicadas de gerir (embora fique sempre a dúvida se esse sofrimento não poderia acabar por ser superado mais rapidamente do que com a morte lenta que nos está a ser imposta actualmente), acho que o essencial seria colocar os dois partidos do governo e o maior partido da oposição - todos os que assinaram o infame memorando - fechados numa sala (e de preferência sem comida gourmet à pala) até que acabassem de vez com as palhaçadas que vão esgrimindo diariamente na Assembleia da República.

Eles podem dar-se ao luxo de brincar aos políticos, com os seus tachos garantidos e ordenados e reformas garantidas, enquanto vão olhando para gráficos e números nas folhas de cálculo... mas já nem ousando arriscar sair à rua para olhar os portugueses olhos nos olhos sem uma dúzia de seguranças em seu redor. Mas "cá fora", no Portugal real... a situação é bem menos sustentável. Não há dia que passe sem que se conheça mais alguém que fique no desemprego, mais uma loja que fecha, mais um apartamento que fica com um "vende-se" nas janelas, mais um jovem que parte para outro país sem ter ideias de regressar.


Se têm tantos especialistas e entendidos dispostos a demonstrar que a "receita" sugerida pela troika não funcionou; porque não colocam todos os dados em cima da mesa, como pessoas civilizadas, para que se tente encontrar uma receita alternativa que possa dar melhores resultados? Será assim tão difícil entenderem-se todos? E por "todos" refiro-me a meros três partidos políticos que parecem ter ilusões megalómanas sobre as suas reais dimensões e capacidades... Lembrem-se que de nada vos servirá virem a ser governo de um país onde apenas existem velhos, doentes e reformados e onde toda a população activa válida já se pirou daqui para fora para ir povoar outras paragens onde sejam melhor tratados.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails