quinta-feira, 28 de julho de 2016

Comité Olímpico proíbe entidades comerciais de falarem sobre os jogos olímpicos

Algo de muito mal se passa pelos reinos do Olimpo. Depois de recentemente termos assistido à desistência de Oslo devido às exigências absurdas do Comité Olímpico, eis que o mesmo vem confirmar que afinal isso parece ser a regra e não uma excepção.

Para os Jogos Olímpícos do Rio, que se deverão tornar num dos maiores desastres da história recente dos jogos (as várias selecções olímpicas têm optado por abandonar a aldeia olímpica, dizendo que não tem qualquer condição de habitabilidade - para não falar das provas de remo se realizarem em rios poluídos que colocam em risco a saúde dos atletas), o Comité Olímpico vem agora dizer que todas as entidades comerciais estão proibidas de fazer qualquer referência ao evento - a não ser que se tratem de patrocinadores oficiais.

Parece que os responsáveis do Comité Olímpico precisam urgentemente de regressar à terra... ou melhor, que se deixem ficar lá pelas terras dos deuses, mas que passem o testemunho a pessoas mais capazes que não se esforcem em denegrir e destruir a reputação de um evento que deveria ser um símbolo à escala mundial.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Banco Russo oferece seguro gratuito para Pokémon Go


Temos visto todo o tipo de estabelecimentos aproveitarem-se do mediatismo do Pokémon Go, e na Rússia há pelo menos um banco que também o quer fazer, prometendo um seguro gratuito para os jogadores, para cobrir potenciais acidentes causados pela sua distracção.

O Sberbank oferece um seguro gratuito de 50000 rublos (cerca de 690 euros) para jogadores de Pokémon Go que subscrevam os seus serviços. Esperando com isso cativar novos clientes - particularmente aqueles que são mais distraídos e terão maior propensão para "azares" enquanto percorrem as ruas de olhos colados nos ecrãs dos seus smartphones à procura dos ditos Pokémon.

... Considerando o nível de distracção de alguns jogadores, a minha dúvida é se 690 euros serão suficientes para cobrir os eventuais danos, sofridos ou provocados à custa do Pokémon Go. O melhor mesmo é manterem-se atentos ao que se passa em vosso redor.

domingo, 24 de julho de 2016

Avô cria uma mini-Disneyland no quintal para entreter os netos


Diz-se que a função dos avós e mimar os netos, e nos EUA temos um avô que leva isso mesmo a sério. Confrontado com o rápido aborrecimento dos netos a todos os brinquedos novos, e sabendo que os mesmos eram grandes fãs da Disneyland, criou uma verdadeira mini-Disneyland no seu quintal, que não só se tornou num sucesso entre os pequenos, como entre os graúdos.

Agora é só começar a cobrar bilhetes e continuar a expandir o seu mini parque de diversões. :)




sexta-feira, 22 de julho de 2016

Polícia nos EUA alveja homem deitado no chão de braços no ar


A situação nos EUA tem estado complicada devido a inúmeros casos que vão registando comportamentos estranhos por parte das forças policiais, e depois do caso de Philando Castile temos outro caso de um indivíduo alvejado... mesmo quando estava deitado no chão, de braços no ar, e a dialogar calmamente com a polícia tentando explicar a situação.

Charles Kinsey é um terapeuta, e estava a tentar acalmar um paciente autista que tinha saído para a rua. Um vizinho terá chamado a polícia pensado que o jovem tinha uma arma (que na realidade era um carro de brincar) e o tratamento dado pela polícia ao caso superou tudo o que seria imaginável... Com a chegada da polícia o terapeuta foi comandado a deitar-se no chão, onde, de braços no ar, dizia aos polícias que o jovem era autista e tinha um brinquedo (enquanto isso, outras pessoas diziam ao policia que era de facto um brinquedo). Ainda assim, de pouco serviu, pois a polícia disparou vários tiros tendo acertado no terapeuta.

Nessa altura ele próprio perguntou ao agente por que lhe deu um tiro, ao que este respondeu "não sei". Agora, a história oficial é a de que os agentes estavam a tentar acertar no paciente, para "salvar a vida" do terapeuta, e que infelizmente o agente falhou e acertou na pessoa que queria salvar(!?!)

Só falta explicar então porque motivo, depois de o terem alvejado, o algemaram e deixaram no chão a sangrar durante cerca de 20 minutos até chegar ajuda médica!

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Homem vende carro alugado e rouba-o para o devolver


Na Índia, um aspirante a mestre do crime pensava ter encontrado a fórmula perfeita para fazer dinheiro fácil: alugava um carro, vendia-o usando documentos falsos com base num automóvel idêntico, e depois roubava-o ao novo dono.

A táctica até funcionou da primeira vez que pôs em prática o seu plano, mas o novo dono obviamente fez queixa às autoridades, que não tiveram muita dificuldade em encontrar o "artista", uma vez que ele já estava a anunciar uma nova venda do mesmo veículo (pensava certamente que seria só repetir a dose até ficar milionário à custa deste esquema.)

Neste caso as coisas acabaram bem/mal (dependendo da perspectiva), mas isso em pouco contribui para acabar com a imensa quantidade de roubo de automóveis que por lá ocorre. Só em Nova Delhi é roubado um automóvel a cada 13 minutos - e apenas 4% dos veículos são recuperados.
Related Posts with Thumbnails