quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

Os pseudo 6 dias de escuridão "confirmados" pela NASA


Tenho más notícias para os vampiros e demais criaturas nocturnas que esperavam ter uma semana à grande e à francesa em Dezembro: não vamos ter 6 dias de escuridão, como muita gente se apressou a acreditar e espalhar pela internet.

Mais uma vez se comprova que os sites de notícias satíricas são perigosos, quando do lado de cá se tem uma população que não sabe distinguir uma piada da realidade. Assim, uma notícia falsa com o título de "NASA confirma 6 dias de escuridão para Dezembro", rapidamente se espalhou e começou a ser levada a sério por muitas pessoas... e com a "quantidade" a induzir em dúvida até alguns que pudessem inicialmente ter ignorado a coisa.

Mas podem ficar descansados, o ciclo do dia e noite vai prosseguir como planeado, durante todo o mês de Dezembro... a não ser que vivam naquelas latitudes onde efectivamente poderão ter que levar com algumas semanas de dia/noite contínua; mas aí, este tipo de coisa já não é notícia. :P

segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

Os esterótipos de como umas regiões imaginam as outras


Os séculos passam, mas a nossa sociedade continua a ser dominada por preconceitos onde continuamente se tentam resumir países inteiros a uma só "imagem". Este curto vídeo que vos trago hoje mostra-nos, de forma caricatural mas infelizmente bastante próxima da realidade, como é que os EUA imaginam a Europa, como a Europa imagina os EUA, como a Europa Ocidental imagina a Europa de Leste (e vice-versa), e também como o Sul da Europa imagina os países de Norte, e os do Norte imaginam o Sul.

Como em tudo, há sempre uma "ponta de verdade" que dá origem a este imaginário que muitas vezes somos tentados a utilizar; mas o mais importante será relembrar o quão redutor é tentar reduzir milhões de pessoas a uma só "imagem" (e nesse sentido, nada mais importante há que ter a oportunidade de visitar estes locais pessoalmente - e *ver* com os nossos próprios olhos como são as coisas... na maioria das vezes são experiências que nos mostram que não é nada daquilo que se estava à espera.)

Só foi pena não terem metido também os países árabes e orientais "ao barulho"... :)

via: Euro Nightmare de Alex Sailó.

sábado, 25 de Outubro de 2014

Jogador de futebol morre ao festejar golo com salto mortal "falhado"


Diz a "sabedoria popular" que para morrer basta estar vivo, mas por vezes temos situações verdadeiramente estarrecedoras que nos relembram a contínua fragilidade da vida humana. Neste caso, um jovem futebolista indiano de 23 anos, Peter Biaksangzuala, viria a morre devido ao salto mortal que pretendia dar para celebrar um golo, mas cuja queda fora de controlo lhe partiu a coluna.

O jovem ainda foi transportado para o hospital, onde foi operado, mas viria a falecer no dia seguinte.

As imagens mostram-nos como um momento de celebração e alegria pode em instantes passar completamente ao oposto...

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Cientistas descobriram que movimentos de dança mais atraem as mulheres


Poderia comparar-se a dança aos rituais que muitos animais usam para atrair parceiros do sexo oposto. No caso da raça humana, isso terá certamente sido aprimorado ao longo de milénios e resultando nos inúmeros estilo de dança. Mas... para quem não tiver qualquer jeito para abanar o capacete, qual as regras básicas que deverá seguir? Os cientistas dão uma ajuda.

Cientistas registaram os movimentos de vários homens (sem treino de dança) a dançar e depois deixaram que várias dezenas de mulheres pontuassem os seus movimentos (aplicados num boneco gerado por computador).

E afinal, comprova-se mesmo que "abanar o capacete" é uma das técnicas recomendadas, mas que terá que ser acompanhada por movimentos mais alargados e expansivos. Ficar quieto com movimentos tímidos é que parece ser um grande "não-não". Pronto... é a dica que a ciência dá, agora o resto é convosco.

terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Mega-Cheeseburger: a realidade versus a publicidade


Se já nos seguem há algum tempo provavelmente já deixaram de comer comida "fast-food", mas se ainda não for esse o caso, temos mais uma situação que nos mostra o ponto absurdo que a chamada junk-food chega.

Já todos sabemos que em todas estas lojas, as imagens apetitosas com que nos bombardeiam nos posters e spots publicitários nada tem a ver com o aspecto dos hamburgers que nos são servidos, e no caso de um mega-cheesburger na cadeia de lojas no Japão... isso volta a confirmar-se.

A cadeia de fast-food japonesa Lotteria disponibilizou a título promocional, e durante apenas um dia, o seu icónico mega-cheesburger de "cinco andares" (que surpreendentemente custa apenas 3.65 euros). Mas independentemente do seu preço, por muito bom aspecto que o hamburger possa ter nas imagens promocionais... a realidade revela-se bem diferente, chegando mesmo a ser completamente repugnante.

... Não seria bonito ver as entidades que regulam a publicidade a obrigarem estas cadeias de fast-food a, das duas uma: usarem fotografias que demonstrem verdadeiramente o aspecto real dos produtos servidos aos clientes; ou fornecerem comida com o mesmo aspecto que mostram nas imagens?
Related Posts with Thumbnails