segunda-feira, 30 de março de 2015

Polícia apanhado a ver pornografia no computador do carro patrulha


A tecnologia faz com que hoje em dia, os agentes da autoridade possam ter nos seus veículos acesso a todo o tipo de informação que necessitam para o cumprimento das suas funções. No entanto, por vezes isso dá também azo a que alguns agentes usem esse acesso para coisas menos próprias... como aconteceu com um agente nos EUA apanhado a ver horas e horas de pornografia no computador do seu carro patrulha.

Um cidadão que circulava na estrada achou estranho que o agente num carro patrulha estacionado estivesse a ver calmamente sites pornográficos, e decidiu contactar o chefe de polícia para saber se seria adequado um polícia estar a usar o dinheiro dos contribuintes para navegar em sites pornográficos em horário de trabalho.

O relato deu origem a uma investigação interna, que foi analisar os registos dos sites visitados, e que revelaram que o agente em causa passava várias horas por dia a navegar por sites pornográficas no carro patrulha, e que acabou por resultar na sua suspensão.

Sugestão: da próxima vez que quiserem ver pornografia "no trabalho", o melhor será usarem o vosso próprio computador e a vossa própria ligação de dados, para que não fique "no cadastro".


sábado, 28 de março de 2015

Utah aprova fuzilamento como forma de execução se não se arranjarem injecções para a pena de morte


A pena de morte é algo que a maioria dos países ditos "civilizados" já aboliu há muito, mas há muitos outros que continuam a praticá-la (e não ponho em causa que há certas criaturas que nos fazem desejar que fosse este o seu destino).

A questão dos prós/contras a pena de morte é que facilmente se percebe que não vale a pena estar a matar essas criaturas que muito merecem, se isso vem acompanhado do risco de potencialmente se matar alguém que é inocente - e infelizmente, lá vão surgindo casos em que isso acontece.

Mas adiante, que hoje o que me traz aqui é outro assunto. No Utah parece ser complicado conseguir manter um stock recheado de injecções letais para executar os condenados à morte, e então o seu governador teve a excelente ideia de voltar a implementar a execução por pelotão de fuzilamento.

Nos casos em que não for possível arranjar as injecções num prazo de 30 dias para a data agendada da execução, a solução passa por recorrer ao fuzilamento... pois balas é coisa que não deve faltar por aqueles lados. Portanto... pensem bem no rumo em que as coisas estão a tomar: em pleno século XXI não só temos países que ainda praticam a pena de morte... como optam por recuar para os tempos dos pelotões de fuzilamento! (E não pensem que as coisas se ficam por aqui, há Estados que querem voltar a reactivar a execução por câmara de gás.)

... E certamente que a culpa é dos Europeus, por causa de um embargo que restringe a exportação de injecções letais. (Até parece que os EUA não conseguirão criar eles próprios um veneno capaz de matar alguém...)



quinta-feira, 26 de março de 2015

Queda de avião devido a suicídio?


Temos mais uma tragédia com um avião que se despenhou nos Alpes, matando as 150 pessoas a bordo - e os motivos parecem apontar para culpa deliberada do co-piloto.

O avião da Germanwings, divisão "low-cost" da Lufthansa, voava de Barcelona to Duesseldorf, quando inexplicavelmente começou a perder altitude e voou directamente contra a encosta de uma montanha nos Alpes franceses. Os motivos poderiam ser muitos e variados, mas parece ficar cada vez mais claro que esta tragédia não se deveu a nenhum acidente ou falha mecânica, mas sim à vontade deliberada do co-piloto.

Em primeiro lugar, não temos uma queda mas sim uma descida gradual e controlada do avião, ao longo de vários minutos; sabe-se também que o piloto se tinha ausentado da cabine e ficou trancado fora dela, tentando posteriormente regressar ao cockpit sem sucesso (o que implica que o co-piloto tivesse trancado deliberadamente a porta); e durante todo o incidente continua a ouvir-se a respiração do co-piloto, o que eliminará a tese de "morte súbita".

Certamente que mais dados serão revelados posteriormente, mas não posso deixar de recordar com nostalgia os tempos em que os aviões voavam com as portas do cockpit abertas, e onde se acolhiam com simpatia os pedidos para ir "espreitar" o cockpit - muitas vezes dando lugar a longas conversas com os pilotos a explicarem os sistemas do avião. Hoje em dia, alguém que faça tal pedido arrisca-se a ser automaticamente catalogado como terrorista e a passar o resto de voo sob suspeita.

Não é que a porta aberta/fechada fizesse diferença no caso de alguém que deliberadamente pretenda fazer cair um avião... mas se for esse o caso, é incompreensível tentar perceber o que levará alguém a querer suicidar-se e levar consigo 150 pessoas que entraram no avião imaginando que seria mais um dia como qualquer outro.

terça-feira, 24 de março de 2015

Taxistas portugueses cada vez mais enganadores?


Ultimamente, quando vemos notícias sobre os taxistas em Portugal é quase sempre para fazerem protestos ou reclamações contra o Uber. Mas melhor seria se em vez disso se concentrassem em fazer algo quanto a notícias como esta, que refere um aumento brutal no número de queixas e detenções de taxistas que enganam os clientes.

É certo que nos táxis, como em qualquer outra profissão, temos bons e maus profissionais. Mas fosse qual fosse a profissão, seria preocupante assistir-se a um aumento de 48% nos casos de queixas - e que em 2014 levaram a 55 taxistas detidos por especulação de preços, 16 dos quais sendo reincidentes, e que justificam as suas "práticas" com a "crise".

Com situações como estas, como podem depois queixar-se que as pessoas optem por um serviço como o Uber, onde são recebidos e tratados com simpatia e de forma profissional, e não tendo que passar toda uma viagem a ouvir uma "reza" de como lhes estamos a estragar o dia por querermos fazer uma viagem que "nem dá para pagar o gasóleo"?

Se calhar fui que tive azar na última dezenas de vezes que andei de táxi... mas para mim, o benefício da dúvida já se esgotou, e estando numa área onde o Uber esteja disponível... nem é preciso pensar duas vezes.

domingo, 22 de março de 2015

Os "apertos" das cavernas


Os fãs da espeleologia irão gostar de ver o seguinte vídeo, que mostra uma entrada alternativa para a caverna "Deep Cave" no Texas. Para todos os outros, será um vídeo que induzirá uma severa falta de ar e potencialmente inspirará alguns pesadelos.

... Definitivamente não é para quem tenha problemas com espaços apertados e cujo único pensamento seja "e se eu ficar aqui encravado!?!" É a verdadeira claustrofobia elevada ao cubo. :)


Related Posts with Thumbnails