sábado, 28 de janeiro de 2017

EUA vão começar a vender maçãs que não amarelecem depois de cortadas


Da próxima vez que virem uma fatia de uma maçã "branquinha", é melhor terem consciência de que a mesma não terá sido acabada de cortar, e na realidade poderá já ter sido cortada há dias, ou até semanas.

Nos EUA, já está a ser comercializada uma nova espécie de maçã, alterada geneticamente, para que não amareleça depois de cortada ou pisada. A ideia é poupar os custos das empresas de processamento, que actualmente têm que usar produtos químicos anti-oxidantes para manter as fatias das maçãs com bom aspecto; e que com estas maçãs não precisarão fazer mais nada... podendo demorar até 3 semanas para que as fatias comecem a ficar amareladas.

Para cúmulo, nos EUA estas maçãs não estarão identificadas como tendo sido alteradas geneticamente, a não ser que o consumidor se dê ao trabalho de fazer scan de um QR code na embalagem e for ver as informações mais detalhadas....


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails