quarta-feira, 25 de maio de 2016

Qual o futuro dos trabalhadores numa sociedade onde robots são melhores e mais baratos?


A revolução industrial veio revolucionar a indústria produtiva, mas agora aproximamos-nos de uma nova revolução que - como sempre - causa bastantes preocupações: como será a sociedade numa era em que a maioria dos postos de trabalho sejam substituídos por máquinas e robots?

A questão é pertinente e não terá uma única resposta. Há que relembrar que sempre que existe alguma (r)evolução tecnológica isso origina grandes alterações (não é preciso recuar muito para chegarmos a uma época em que o óleo de baleia era uma indústria à escala mundial - e que isso será desconhecido de grande parte das pessoas hoje em dia). E, quando algo assim acontece, o que se passa é que desaparecem umas indústrias e surgem outras, novas, no seu lugar.

É de imaginar que tal volte a acontecer com a chegada da "robotização" e da inteligência artificial, mas provavelmente a uma escala ainda maior. Imagine-se uma era em que os robots serão capazes de fazer tudo o que um ser humano consegue, mas melhor e de forma mais barata; e que teremos inteligências artificiais que conseguirão também ocupar grande parte dos trabalhos que ainda restavam? O que restará então à raça humana fazer? Divertir-se? Consumir conteúdos o dia todo?

Ninguém saberá... mas espero que em vez de ser percursor de um mundo dividido entre privilegiados rodeados de máquinas e "os outros"; sirva para minimizar essas diferenças e inspirar-nos a criar objectivos ainda mais ambiciosos que por agora nem se consigam imaginar.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails