quarta-feira, 6 de agosto de 2014

A "poluição" equina quando os cavalos dominavam as estradas


Hoje em dia temos situações preocupantes de cidades que vivem sufocadas pela poluição dos seus automóveis, mas... já pensaram como as coisas eram no tempo em que o meio de transporte principal recorria a cavalos?

Muitas pessoas poderão imaginar os cavalos como os animais nobres que são, e que nesse tempo tudo decorria de forma cívica e "perfeita". Só que, como todos os animais, também os cavalos têm os seus "tubos de escape", e que embora possam ser considerado "biodegradáveis" para quem tivesse que lidar com eles nas estradas diariamente seriam certamente "bio-desagradáveis"!

Sim, refiro-me aos dejectos dos cavalos (bosta, merda, ou o que preferirem), e que para se ter uma ideia da escala monumental de cagada que se tinha que enfrentar, em Nova Iorque representava algo como mil toneladas de merda fresca nas estradas diariamente, regadas com cerca de 230 mil litros de urina.

Não é que isto justifique que se deva gramar com a poluição produzida pelos motores de combustão, mas... pelo menos dará que pensar!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails