domingo, 29 de novembro de 2020

Máscaras de rostos hiper-realistas fazem sucesso no Japão

A empresa de máscaras Kamenya Omoto está a lançar uma nova moda no Japão, com máscaras de rostos hiper-realistas, e procurando pessoas dispostas a vender o seu próprio rosto.


Aquilo que poderia imaginar-se ser algo sem grande procura, acavvou por se tornar um sucesso, com a quantidade de pessoas dispostas a vender a sua cara, e arriscarem ver alguém com o seu rosto passar por elas na rua, a ter superado em muito as expectativas da empresa, forçando-a a recorrer a um sorteio para seleccionar os rostos que serão imortalizados em máscaras.

De resto, o negócio nem é assim tão bom para quem vende a cara, já que apenas recebe cerca de 320 euros por ceder o direito de utilização do seu rosto; enquanto a empresa depois cobra 800 euros por cada máscara vendida. No entanto, a empresa diz que no caso de um rosto se tornar bastante popular, a pessoa em questão irá receber uma percentagem dos lucros (algo que seria mais justo ser feito para todos, independentemente da popularidade).

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails