domingo, 15 de julho de 2018

Homem salta de carro em andamento durante discussão com a mulher - processa-a pelos ferimentos sofridos


O caso remonta a 2012, na Austrália, quando durante uma acesa discussão de um casal enquanto seguiam num automóvel, o homem decidiu que a única solução possível terá sido a de abandonar o carro em movimento... vindo a sofrer bastantes sequelas físicas.

O marido tem desde então processar a sua esposa por negligência, dizendo que teria sido sua missão travar mais cedo, ao se aperceber que o homem se preparava para saltar do carro (que na altura seguia a uns moderados 50km/h). Uma pretensão que não tem convencido os juízes, que dizem que o dever de proteger o marido não deverá contemplar o caso de alguém que se decide atirar de um carro em movimento, e que relembram que uma travagem brusca poderia ter provocado danos aos dois filhos pequenos que seguiam no banco traseiro, para além do risco para outros veículos na estrada.

... Quanto a mim parece-me que o maior problema foi o carro não estar a viajar a 100 ou 120Km/h... E assim toda esta situação nem se colocava!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails