sábado, 13 de agosto de 2016

Juiz manda libertar Brendan Dassey do "Making a Murderer"


A série documental Making a Murderer do Netflix mostrou-nos um intrigante (e chocante) caso de perseguição policial que terá levado colocado duas pessoas inocentes na cadeia (uma delas que já tinha passado anos na cadeia por um crime que não cometeu!) e agora a série pode gabar-se de ter atraído atenções suficientes para ajudar a libertar o jovem Brendan Dassey.

O caso é referente à morte de Teresa Halbach, que foi atribuído a Steven Avery, e para o qual foram decisivas as declarações/"confissão" dadas pelo seu sobrinho Brendan Dassey. O pequeno problema é que, bastará olhar para uns poucos minutos do processo de interrogação para se ver que o seu interrogatório foi uma completa palhaçada, e que o jovem (com capacidades mentais limitadas) foi simplesmente massacrado até dizer tudo o que a polícia queria que ele dissesse.

Mesmo considerando que o documentário se focasse na parte de serem inocentes e faltassem muitas outras coisas por dizer, esta parte não deixa margem para dúvidas - e torna-se ainda mais relevante por, ao cair por terra, faz também cair um dos principais argumentos que colocou Avery na cadeia.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails