segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Reacções aos ataques terroristas em Paris focam-se no que "não interessa"


Os ataques terroristas em Paris vieram servir de combustível para atiçar as chamas em combates de longa data entre a vigilância e a privacidade e liberdade dos cidadãos, e há um tweet que resume de forma exemplar o que se está a passar.

Em reacção aos ataques, os governos estão a apostar em maior controlo sobre os refugiados, Sírios, e a encriptação... quando até ao momento aquilo que se sabe sobre os ataques é que, não foram cometidos por refugiados, nem sírios, e que nem usaram encriptação. Na verdade, os ataques foram cometidos por pessoas que já estavam referenciadas como sendo potencialmente perigosas, que se gabaram publicamente do que iriam fazer, e que até usaram simples SMS para coordenar os seus ataques.

Neste momento, parece que a guerra está mesmo a ser ganha pelos terroristas, que conseguiram paralisar várias cidades europeias com o medo de novos ataques, e que vão conseguindo fazer com que estas reacções comecem a interferir cada vez mais com a vida dos cidadãos dos vários países onde a vigilância se vai sobrepondo aos seus direitos...


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails