terça-feira, 3 de novembro de 2015

Procura-se: Deus que seja amigo


Poderá ser o governo mais curto de sempre na história de Portugal, mas isso não impede alguns novos ministros de garantirem acontecimentos memoráveis, como acontecerá com o ministro da Administração Interna, João Calvão da Silva, que se sai com declarações como: "A fúria da natureza não foi nossa amiga. Deus nem sempre é amigo."

Pois não, se calhar é mais amigo de quem vai aprovando todos os atentados ao plano urbanístico, e à ausência de prevenção - mesmo quando eram conhecidos os alertas de mau tempo, e que os sistemas de drenagem eram insuficientes. Mas pronto, quando Deus não é amigo, é mais fácil de superar...

Também terá particular piada ter dito que "(Deus) Também acha que de vez em quando nos dá uns períodos de provação." Pois, é... só que o período de provação já dura há muitos anos, pelo que o "vez em quando" é que não está ali a fazer nada.

Em suma, está no momento do Governo procurar um Deus mais amigo - e só nos resta esperar que isso não implique fazer (ainda mais) sacrifícios humanos para o apaziguar.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails