quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Descer é sempre mais difícil que subir [Combustíveis]


Por muito que as entidades que deviam olhar por isto nos digam que "tudo vai bem", não deixa de ser curioso como no sector dos combustíveis, as descidas são sempre muito mais complicadas que as subidas.

Quando o preço da matéria prima desce (e substancialmente, neste caso, com o petróleo a já ter baixado 28%), há sempre inúmeras explicações de como há imensos factores a ter em conta, como o facto do combustível refinado ainda ser referente ao petróleo que foi comprado a preço superior, etc. etc.

... Tudo muito bem e que até se poderia aceitar... se não fosse o facto de que, quando é para subir não parece haver nenhum factor a ter em conta e isso reflecte-se imediatamente.


(Mas não se preocupem com estas descidas do petróleo... preocupem-se é com o preço da electricidade que irá disparar cada vez mais à medida que nas próximas décadas se começar a transitar para os veículos eléctricos.)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails