terça-feira, 30 de julho de 2013

Smartphone Roubado continua a Enviar Fotos para a Dona


Seria de esperar que os ladrões acompanhassem a evolução dos tempos (em muitos casos podem até congratular-se por estarem na vanguarda da tecnologia - infelizmente usando-a para fins indevidos), mas também se esperaria que por esta altura já tivessem um pouco de bom senso quando se aventuram a roubar um smartphone. Neste caricato caso, o ladrão que roubou um smartphone decidiu continuar a usá-lo como se nada fosse... com o pequeno detalhe que lhe parece ter passado despercebido: das fotos continuarem a ser enviadas automaticamente para a conta do Dropbox da dona do equipamento.

A dona decidiu partilhar com o mundo essas mesmas fotos, mas embora não possa deixar de achar piada a este caso, interrogo-me se as coisas serão mesmo assim.

Segundo o relato, o smartphone foi roubado em Ibiza quando ela e as suas amigas - completamente bêbadas - foram dar uns mergulhos nocturnos no mar, deixando as suas coisas na praia. Ao que parece, é um terreno fértil para roubos, com ladrões equipados com óculos de visão nocturna prontos a aproveitar todas as oportunidades.

No entanto, o sujeito nas fotos é um moço que vive no Dubai e que até ao momento parece levar uma vida aparentemente normal, com os seus amigos. Não digo que não existam ladrões no Dubai, e que até poderão fazer excursões a Ibiza com o propósito de roubar coisas... mas não posso deixar de considerar a hipótese do verdadeiro ladrão ter despachado o smartphone a um qualquer turista por meia dúzia de euros, e deixando agora este moço na infeliz situação de estar a ser retratado como ladrão perante o mundo.

Não estou a defendê-lo, quanto mais não seja porque também considero culpadas as pessoas que compram equipamentos de origem duvidosa e que vão permitindo manter o "ciclo". Para além de que também não seria o primeiro - nem o último - ladrão que estupidamente faz este tipo de coisas (aparentemente já terá tentado enviar mensagens no Facebook à dona e suas amigas, mas sem informação sobre se a dona o terá confrontado com o roubo e pedido o equipamento de volta). Mas também acho que antes de se crucificar alguém, convinha ter alguma informação mais concreta sobre a sua real culpabilidade.


Seja como for, já não se livrará de ficar mundialmente conhecido com a má fama que decorrerá deste incidente.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails