quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Arábia, a quanto obrigas: Violada e vergastada

Lamento poder desiludir quem ainda pensar que o paraíso das mil e uma noite é real, mas actualmente as coisas nas Arábias são bem diferentes.

Segundo notícia no Público, uma vítima de violação foi condenada a seis meses de prisão e 200 chicotadas.

No entanto, nem sei se o que é pior: se a sentença em si, ou se o facto de este ter sido o resultado do recurso apresentado contra a sentença anterior.

Inicialmente ela tinha sido condenada a apenas 90 vergastadas - devido a estar sozinha com um homem, no momento em que um grupo de assaltantes os atacou e a violaram.
Os seis violadores foram condenados a penas entre 1 a 5 anos de prisão.

Não contente com esta sentença, a sua advogada recorreu da decisão. O novo julgamento duplicou a sentença para os violadores, condenando-os a penas de 2 a 9 anos, mas também duplicou as vergastadas na vítima e enfiou-a na prisão por 6 meses. (Isto é que é justiça cega, hein!?!)

Obviamente, a advogada e activista de direitos humanos Abdelrahman al-Lahem também não escapará ilesa: depois de lhe ter sido retirado a licença para exercer quando anunciou o recurso à primeira sentença; vê-se agora a braços com uma comissão disciplinar...
(Sem dúvida, mais uma vergastadas...)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails