quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Casal que falsificou chegada ao topo de Evereste proibido de lá voltar por 10 anos


Um casal que falsificou fotos para demonstrar que tinha estado no topo do Evereste foi rapidamente desmascarado e terá agora que se manter afastado do cume mais alto do mundo por dez anos.

A ascensão ao topo da montanha mais alta do mundo é algo que se tornou quase numa excursão para turistas (não esquecendo a necessidade de ter a devida preparação física e continuar a ser um "passeio" de alto risco), mas ainda assim há muita gente que fica pelo caminho. No caso deste casal, não quiserem admitir a derrota, e publicaram nas redes sociais fotos a "comprovar" que tinham chegado ao topo quando efectuaram uma excursão em 2016 com 15 pessoas. Só que a foto rapidamente começou a levantar suspeitas...

Uma bandeira que transportavam estava completamente pendurada na vertical, num local quase quase sempre é fustigado por ventos violentos; a máscara de oxigénio não estava ligada ao tanque; e os óculos não apresentavam qualquer reflexo da neve ou montanhas, como seria esperado. Outras pessoas do grupo disseram não os ter visto no topo, e um dos sherpas confirmou que o casal não tinha conseguido lá chegar, dizendo que não tinham a prearação física necessária e sendo resgatados quando começaram a ficar com pouco oxigénio.

Bem, talvez para a próximo seja mais eficiente investirem o valor da excursão a fazer uma falsificação decente no Photoshop...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails