quarta-feira, 10 de junho de 2020

Francês ganha processo por ter emprego "demasiado chato"

Um francês processou com sucesso o seu empregador, recebendo 40 mil euros de indemnização por ter um emprego "demasiado chato" que até lhe causou uma depressão.

O homem queixou-se que, ao longo de quatro anos, tinha apenas tarefas como instalar o tablet do patrão, ou abrir a porta quando alguém tinha que ir à casa do mesmo para realizar qualquer tarefa. Já o seu empregador, que disse que o homem nunca se tinha queixado do trabalho "chato" onde pouco ou nada tinha que fazer, até ao momento em que estava prestes a ser despedido, não teve qualquer solidariedade por parte do tribunal, a não ser na redução da indemnização pedida (que inicialmente era de 400 mil euros).

... Se ter um trabalho chato der direito a processar o empregador, acho que vão ser preciso mais tribunais para lidar com o tsunami de processos que aí vem!


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails