sexta-feira, 24 de abril de 2020

Tela humana continua a ficar sentada num museu vazio durante 6 horas por dia


A pandemia de Covid-19 levou ao encerramento de museus por todo o mundo, mas com isso criou uma curiosa situação no caso de Tim, que há cerca de uma década tem servido de "tela humana" para expor uma tatuagem feita por Wim Delvoye, ficando sentado em silêncio em exibições por museus de todo o mundo. É que, mesmo com o museu encerrado, Tim continua a cumprir o seu contrato de se manter exposto enquanto peça de arte, sem ninguém por perto (a não se o ocasional espectador que decida espreitar na sessão de live streaming em directo).

E para que não restem dúvidas do seu estatuto de obra de arte, a tatuagem nas suas costas já foi comprada por um coleccionador por 150 mil euros (com um terço a ir para Tim, e o restante para Wim) - sendo que quando morrer, a sua pele será removida e preservada.



Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails