terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Ultramaratonista perde os títulos após ser apanhado a fazer batota


Correr uma maratona é algo especial mas o mundo das ultra-maratonas leva o conceito ainda mais ao extremo. Infelizmente, nem esse extremo está livre de batoteiros, com um dos mais reputados corredores dos últimos anos a ter sido despojado dos seus títulos após ter sido apanhado a fazer batota.

Kelly Agnew de 45 anos, ganhou diversas ultra-maratonas desde 2014, tendo sido o primeiro a correr as 201.5 milhas dentro do tempo regulamentar. No entanto, os organizadores da prova acharam suspeito que na prova de 2015 ele tivesse vencido com uma vantagem esmagadora, tendo corrido apenas durante 41horas (em vez das 48 horas) - pelo que, na edição deste ano, contrataram um oficial para seguir atentamente o seu progresso... e o segredo das suas vitórias depressa foi descoberto.

Este corredor passava a maior parte do tempo escondido nas casas de banho portáteis, controlando o tempo para que, ao sair delas, pudesse passar no controlo de partida simulando ter dado mais uma volta ao circuito.

... Será aquilo que se pode chamar: um verdadeiro atleta de merd@!

Os organizadores do evento dizem que irão contactar os atletas das provas em que os resultados foram invalidades, para repor a classificação correcta.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails