segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Mulher de 64 anos não consegue convencer o governo dos EUA de que está viva


Barbara Murphy, de 64 anos, podia ser uma norte-americana como tantas outras... não fosse o facto da Segurança Social ter considerado que ela morreu em 2014, e desde então tem tentado reaver o dinheiro que lhe foi pago desde então.

Aparentemente, tem sido uma tarefa impossível demonstrar que continua viva. Para além de nem sequer poder recorrer a sistemas electrónicos para expor o caso - uma vez que o seu número de segurança social é considerado inválido por já estar "morta" - a promessa de que o caso seria revisto com urgência tem tardado em ser cumprida, e Barbara continua a ter que lidar com a situação de lhe tentarem tirar dinheiro da conta.

Olhem se por cá o Governo também se lembra de que dar alguns cidadãos como mortos para lhes ir buscar as reformas é uma excelente forma de ir buscar uns milhões?....


P.S. Se a segurança social norte-americana fez os pagamentos durante 2 anos após a terem considerado morta, bem que merecia ficar sem o dinheiro de qualquer forma... :P

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails