domingo, 10 de julho de 2016

Oslo desiste da candidatura aos Jogos Olímpicos de 2022 devido às exigências abusivas do Comité Olímpíco


Já estamos habituados a ver artistas a fazerem pedidos excêntricos quando vão actuar a qualquer lado, mas é bastante mais complicado ver o mesmo ser feito pelo Comité Olímpico, ao ponto de fazer com que um dos candidatos a acolher os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 desistisse disso.

Oslo desistiu da corrida e penso que qualquer candidato com dois neurónios deveria fazer exactamente o mesmo após se ver algumas das exigências feitas pelo Comité Olímpico. Ora vejamos, temos coisas como:
  • Exigência de conhecer o Rei antes da cerimónia de abertura, com direito a uma recepção (paga pelo Palácio Real ou organizadores locais)
  • Faixas separadas e de uso exclusivo pelo comité olímpico, em todas as ruas em que tiverem que circular
  • Bar do hotel deverá funcionar em horário alargado - e mini-bares recheados nos quartos
  • Cerimónia de recepção no aeroporto, assim como entradas e saídas exclusivas para os membros do comité olímpico
  • Salas de reuniões exactamente a 20ºC de temperatura
  • Comida renovada regularmente nos locais onde o comité estiver
  • etc. etc.

Se acham absurdo, esperem só para ver a resposta do Comité à desistência de Oslso:
"É uma oportunidade perdida para a Cidade de Oslo e todos os Noruegueses, que são fãs dos desportos de Inverno. E principalmente uma oportunidade perdida para todos os atletas noruegueses que assim não poderão atingir o seu potencial no seu próprio país natal."

Pois... é isso tudo!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails