quinta-feira, 16 de julho de 2015

Polícia usa Spotify para descobrir fugitivos


Quando alguém recorre ao Spotify, a última coisa que esperará será que isso venha a ser utilizado pelas autoridades para saber onde se encontra, mas foi precisamente isso o que aconteceu nos EUA.

Para descobrirem o paradeiro de um casal que tinha desaparecido com duas crianças, a polícia optou por uma técnica pouco convencional. Sabendo que era uma utilizadora do Spotify, obtiveram autorização para aceder aos registos de acesso do serviço, e descobriram que o seu IP tinha origem em determinada região do México. Outros serviços permitiram posteriormente descobrir a sua morada exacta (numa compra online), e após alguns meses de vigilância - enquanto se iam tratando das questões legais para a sua extradição - lá foram recambiados para os EUA e as crianças entregues aos pais (a mulher em questão era a mãe biológica das crianças, mas a quem o Tribunal tinha retirado a guarda das crianças, atribuindo-a ao pai de cada uma.)

Moral da história, se quiserem andar fugidos, será melhor voltarem a recorrer às cassetes e CDs, que até ouvir música na Internet pode ser suficiente para serem apanhados.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails