terça-feira, 3 de junho de 2014

Americano regista símbolo Pi e tenta processar quem o usar


Se acham que a questão dos registos de marcas e direitos de autor e afins já atinge proporções desastrosas, eis mais um exemplo que demonstra o nível ridículo a que se chega, com um americano a tentar impedir que se use o símbolo "Pi" nas T-shirts.

Paul Ingrisano é um artista de Brooklyn que decidiu registar como imagem de marca o símbolo Pi seguido de um ponto - e até aí, tudo muito bem, que fique lá com a sua marca. O problema é que o indivíduo achou que toda e qualquer impressão de um símbolo Pi numa t-shirt era uma violação da sua marca, e disparou uma série de cartas de advogados para que empresas de impressão de t-shirts na web deixasse de as produzir.

A Zazzle, empresa de impressão de t-shirts, começou por suspender a venda destas t-shirts, mas depois de inúmeras reclamações dos clientes e de ter consultado com os seus advogados, decidiu recomeçar a venda - referindo que nenhuma delas usa exactamente o símbolo "pi seguido de um ponto". Mesmo que fosse... será que este senhor também quer processar todos os livros que contenham fórmulas matemáticas onde o "pi" apareça antes de um ponto final?

Já agora, vamos registar todas as letras do alfabeto e toda e qualquer sequência por elas permitida... e depois processamos todos os que ousarem escrever seja o que for.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails