quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Quadros de Francis Bacon batem recorde em leilão: $142.4 milhões!


O que se faz quando o tempo é de crise e austeridade?... Investe-se o dinheiro em coisas que possam oferecer mais segurança que o próprio dinheiro. Pelo menos, é essa a minha explicação para que tenha sido batido o recorde para a obra de arte mais cara de sempre vendida em leilão: um conjunto de três pinturas de Francis Bacon, que foi arrebatado por $142.4 milhões de dólares!

Terminou assim o reinado do famoso The Scream de Edvard Munch, que tinha atingido os $119.9 milhões em 2012, e que terá agora motivos para continuar a gritar face ao valor recorde que foi atingido. Mas os números astronómicos não se ficam por aqui... no final da noite este leilão da Christie acumulou mais de $691 milhões de dólares - novamente um valor recorde - e onde foram transaccionadas outras peças famosas como a Coca-Cola de Andy Warhol (por "meros" $57.2 milhões), ou o Balloon Dog de Jeff Koons ($58.4 milhões - mas neste caso batendo o recorde da peça mais cara vendida em leilão de um artista vivo).

Não é que eu não aprecie arte, e até admito que existam muitas peças que serão de valor "incalculável", mas... haver pessoas dispostas a pagar valores tão astronómicos, não poderá ser considerado um sintoma de que alguma coisa está desequilibrada na sociedade actual?

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails