quinta-feira, 11 de abril de 2013

Banqueiro Austríaco devolve 40% da Remuneração por achar Demasiado


Em Portugal, por muita crise que haja e sacríficos que sejam impostos ao "povo", há sempre justificações e desculpas para que alguns "eleitos" continuem a receber somas milionárias à custa dos dinheiros públicos. Bastará olhar para os gestores - alguns dos quais até têm que fazer manobras pouco disfarçadas para conseguirem receber ordenados superiores aos limites fixados na função pública.

Por outro lado na Áustria, dá-se o caso caricato do CEO de um banco devolver 40% da sua remuneração por achar que recebe demasiado!

Não se pense que este senhor vai passar fome: afinal, mesmo devolvendo 2 milhões de euros, ainda irá mante 2.9 milhões... o que dá uma média bem confortável de 241 mil euros mensais.

O CEO refere: "Considero este passo como uma obrigação moral tanto para com a organização, para a qual tenho trabalho com grande compromisso há mais de 40 anos, como para com os funcionários".

... Olha se a moda pega!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails