quarta-feira, 26 de outubro de 2011

BCP Condenado a Devolver "Juros Arredondados"

Até me custa a acreditar que, por uma vez que seja, a lei seja para cumprir (ao contário daquela lei que diz que as autarquias têm 90 dias para pagar, e depois temos câmaras como a do Funchal, que tem pago apenas ao final de quase 4(!) anos!) - e ainda para mais quando é um caso que vai obrigar um banco a devolver dinheiro aos clientes.

Segundo decisão do tribunal - que não pode ser recorrida - o Millennium BCP terá agora que de devolver aos seus clientes os arredondamentos de juros que fazia nos empréstimos à habitação ou para obras, e que fazia com que taxas de  4,18% passassem para 4,25%.

Esta devolução aplica-se a todos os processos anteriores a Dezembro de 2006, data a partir da qual a lei passou a impor o arredondamento dos juros à milésima.

Até me custa a admitir que sou cliente Millennium perante tantos "atropelos" que tenho assistido ao longo das décadas, mas foi precisamente por coisas como estas que, quando tive que pedir um empréstimo para habitação, fui melhor servido noutra instituição, e que já na altura fazia os arredondamentos sem tais roubalheiras.

[via Jornal de Negócios]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails