terça-feira, 24 de maio de 2011

Justiça para "Amigas"

Um dos princípios fundamentais da Justiça, é a de que a mesma deverá ser aplicada da mesma forma a toda e qualquer pessoa...

No entanto, por vezes ficamos a conhecer incidentes que nos fazem duvidar disso mesmo, e que não se podem desculpar - nem mesmo sabendo que todos os intervenientes são humanos, e portanto estão sujeitos a poder errar.

Veja-se o caso de uma magistrada apanhada em flagrante delito a conduzir alcoolizada e em contra-mão, mas que posteriormente foi libertada por um Juíz seu amigo, que considerou a detenção ilegal!

É caso para perguntar se esse mesmo Juíz preferia estar a julgar a sua amiga por homícido involuntário, caso tivesse chocado com um qualquer outro veículo, ou atropelado um peão...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails