segunda-feira, 19 de abril de 2010

Manso é a tua tia, Pá!

Não é a primeira (nem segunda, nem terceira...) vez que digo que o que se passa no Parlamento é uma autêntica palhaçada, onde os políticos parecem preferir gladiar entre si com elaborado palavreado cheio de sarcasmo e segundas intenções mais/menos subtis. Coisas que me fazem melhor compreender os romanos, e a sua tradição de envenenar e/ou enfiar uma lâmina nos seus governantes!

O último episódio deu-se num "confronto" entre Louçã e o nosso (actual) primeiro-ministro José Sócrates no debate semanal do Parlamento.

À frase de Louçã:
"De intervenção em intervenção vejo que o senhor vai ficando um pouco mais manso"

Sócrates responde com um "silenciado":
"Manso é a tua tia, pá!"

A favor ou contra, o que é certo é que temos que admirar a consistência de Sócrates, que depois do internacionalmente famoso (ou nem por isso) "Porreiro pá" para Durão Barroso, dá agora novo mote que demonstra a verdadeira essência do "portuguesing" nacional.

... fico ansiosamente a aguardar o próximo capítulo desta odisseia pá, já que... como todos os portugueses sabem... não há duas sem três!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails