sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Vigilância só para o que Interessa

Mais uma que nos chega do Reino Unido, o país que mais câmaras de vigilância tem por habitante - tudo em prole da segurança; como nos dizem.

Mas aparentemente, tanto excessso de imagem apenas é bom quando lhes serve para o que lhes interessa.

Desta feita, um indivíduo que usou algumas dessas imagens para demonstrar que a estimativa da velocidade calculada pelo radar estava errada.

Usando duas fotos consecutivas, e sabendo-se o intervalo de tempo, foi possível demonstrar que a alegada infração por excesso de velocidade não correspondia à realidade.

Claro que, em vez de admitir o erro, as autoridades preferiram seguir outro caminho: exigir que as fotos fossem removidas do seu site, alegando que violavam o "copyright".

Mal sabiam eles que o copyright (em Inglaterra) apenas se aplica a fotografias quando são obras "artísticas" fruto de esforço criativo - algo que não incluirá certamente uma máquina que tira fotos automaticamente.

Aqui fica a prova de que a vigilância até pode ser boa... mas apenas quando é realmente livre e disponível para todos! Caso contrário... Who Watches the Watchmen?

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails