sábado, 27 de outubro de 2007

Netcabo, netcabo...

Na sequência do que se tem passado com a Comcast nos EUA, em que as suas políticas "encapuzadas" de restrição ao tráfego P2P têm levantado duras críticas, eis que veio a público um email interno instruindo os seus empregados em como lidar com as questões colocadas pelos clientes.

O que mais me assusta (embora já o soubesse) é que a linguagem da Netcabo é exactamente a mesma. Quando fui contactado por eles, após dezenas de emails a pedir explicações, a conversa foi bastante semelhante à que se passou com este cliente da Comcast.

No meu caso, desde que o tal sistema (que supostamente não existe, e que do qual a Netcabo me assegura com toda a certeza não ter qualquer conhecimento) foi posto em funcionamento, o tráfego torrent foi praticamente inutilizado na sua forma normal - como é óbvio, existem muitas formas de dar a volta à questão, pelo que isto são medidas de eficácia "nula", e pior: apenas incentivam os verdadeiro piratas a encontrar formas alternativas de partilhar ficheiros, que poderão a vir a sobrecarregar ainda mais a infraestrutura dos operadores.

O pior, e tal como eu imaginei logo desde o início, é que estes sistemas não são perfeitos, e além do suposto tráfego P2P malévolo (esquecendo-se que há cada vez mais sistemas a usar este tipo de tráfego para distribuição de conteúdos, desde o Steam ao Joost, e até a grandes distribuidoras de filmes e TV nos EUA; basta ir ao site oficial do BitTorrent centenas de conteúdos legais utilizado torrents) afectam também outras aplicações que não têm nada a ver com P2P.

No meu caso, desde que o sistema foi posto em funcionamento, não consigo manter uma ligação VPN por mais que alguns segundos ou minutos, nem fazer login no jogo ET:Quake Wars.
(Isto é... funciona cerca de 0,1% das vezes que tento, normalmente a horas esquisitas, tipo 02h00 da manhã)

Claro que o prestável suporte técnico, na sua lentidão crescente (os mails são agora respondidos num prazo estimado de 72h! - admite-se que um serviço de acesso à internet só dê resposta aos seus clientes, passados 3 dias!?!) veio com as conversas habituais: "desligue e ligue, ah, isto não tem a ver com a Netcabo, etc. etc. etc."

Só que têm azar, porque me dei ao trabalho de fazer capturas dos tráfeg TCP/IP que entra e sai do meu computador, e que - com a colaboração do suporte técnico da Splash Damage, criadores do jogo ET:QW - ficou mais que provado que o pacote que o servidor deles envia para o meu PC, nunca chega ao destino (aqui).

Além disso, tendo tirando o router da equação, ligando o modem directamente ao PC; instalando outro PC de novo com o jogo, só para tirar teimas; e até experimentando a versão Linux; o problema sempre se manteve.

No entanto - ora imagine-se! - tudo funciona sem problemas se ligar através da Clix, ou até mesmo na Netcabo se usar encriptação de dados através de uma ligação VPN (nos poucos minutos que se aguentar até que a Netcabo ache que já chega).

Desde que lhes enviei estes factos, que a situação tem estado em resolução, já lá vai quase uma semana - sem que tenha tido ainda qualquer resposta. E no entanto, quase há um mês que tenho que gramar com um "acesso à internet" que censura o tráfego como bem entende, sem poder usufruir de ligações VPN, que preciso por motivos profissionais; nem de jogar o ET:QW.

E o cúmulo, é continuarem a fazer orelhas moucas, dizendo desconhecer - e NEGAREM - que a Netcabo faça qualquer tipo de traffic shaping, como se tal não estivesse já mais do que provado!

Bem... faço o que posso, já lhes enviei vários emails a dizer que não pagarei a mensalidade até que volte a ter o serviço que contratei. Não estou pra pagar serviços que só me deixam aceder a uma sub-internet que lhes interesse.

Desculpem o desabafo, mas é que aparentemente já não se pode falar livremente em mais lado nenhum, os meus últimos 3 posts que coloquei nos foruns da netcabo a falar disto, foram simplemente "evaporados", e é estranho que naquele thread tão concorrido, nenhuma mensagem nova apareça há vários dias...

Artigo "postado" em duplicado também no "Aberto até de madrugada", porque merece ser espalhado. Ufff...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails