segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Acumulador compulsivo britânico junta tralhas no valor de 4 milhões de euros


A morte de um programador de 64 anos no Reino Unido revelou aquela que será a maior colecção de objectos acumulados ao longo de 20 anos, que se estimam que tenham valor superior a 4 milhões de euros.

O indíviduo, Ramann Shukla, morreu de um ataque cardíaco, e qual não foi a surpresa do seu irmão ao descobrir que ele tinham preenchido completamente a sua casa, um apartamento alugado, duas garagens, e 24 caixotes do lixo, com cerca de 60 mil produtos que ele foi comprando ao longo dos anos, a maioria dos quais ainda estando fechadas nas suas embalagens sem nunca terem sido abertos.

O homem tinha até saído de casa e ido morar para um quarto alugado, para ficar com mais espaço para acumular as suas tralhas. Tralhas essas que no entanto estão avaliadas em múltiplos milhões, contendo mais de 6 mil livros de banda desenhada, 4 mil livros raros, fotografias e cartas autografadas de individualidades como JFK, Churcil, Elvis Presley e Gandhi, produtos dos Beatles, e outros "tesouros".

Os vizinhos dizem que já era rotina semanal ver uma carrinha de transportes a entregar dezenas ou centenas de pacotes todas as sextas-feiras.

... E pensava eu que já comprava coisas a mais na internet... :)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails