domingo, 2 de junho de 2019

Condutor chinês multado automaticamente por coçar a cara


O fascínio da China pela vigilância electrónica está a ter as já imaginadas consequências, desta vez com um sistema de reconhecimento de imagens a multar um condutor que se tinha limitado a coçar a cara.

A China tem investido fortemente na vigilância electrónica, com câmaras a cobrir praticamente todas as cidades e estradas, e com forte aposta no reconhecimento facial para identificar pessoas e até os sentimentos da população (se estão com caras "contentes" ou "tristes", etc.) Mas desta vez o caso foi ainda mais exemplificativo das consequências deste tipo de vigilância, resultando numa multa a um condutor que se tinha limitado a coçar a cara, mas que foi identificado pelos sistemas como sendo um caso de estar a falar ao telemóvel enquanto conduzia.


É certo que a posição da sua mão é, de facto, idêntica à que se tem enquanto se segura um telemóvel... mas precisamente por não ser o caso, relembra todas as cautelas (e perigos) que a vigilância automática pode trazer.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails