sábado, 9 de fevereiro de 2019

Casal de idosos chileno mata-se para não ser encargo para a família


No Chile, um casal de idosos com 94 e 86 anos, decidiu acabar com a vida por não quererem estar dependentes da ajuda monetária dos seus filhos.

O casal era descrito como sendo pacato e feliz, e que nada fazia prever este desfecho ao fim de 62 anos de casamento, do qual resultaram quatro filhos e sete netos. A família continua em choque, mas infelizmente este não é um caso isolado. No Chile tem-se assistido a um número significativo de suicídios entre os idosos, efeito que ainda poderá ser atribuído à ditadura de Pinochet, que deixou grande parte da população sem direito a reforma de valor suficiente para manter uma vida digna, a não ser que contem com a ajuda de familiares.

Neste caso, parece que o problema não terá sido a falta dessa ajuda, mas sim o facto de - por qualquer motivo - não quererem ser um encargo para os seus filhos e netos...


Diz-me que uma sociedade pode ser facilmente descrita pela forma como trata os seus idosos - e se assim é, fica mais uma vez demonstrado que muito há por fazer, para garantir que este crescente segmento da população não se sinta um "encargo".

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails