terça-feira, 24 de abril de 2018

Maçã na mala valeu multa de $500 em regresso aos EUA


Uma viagem de sonho de uma norte-americana tornou-se em pesadelo, tudo graças ao simples gesto de guardar uma maçã servida a bordo, para comer mais tarde.

Crystal Tadlock regressava aos EUA depois de ter ganho uma viagem ao castelo da vodka Grey Goose, sem saber no que estava prestes a acontecer. Ao ser revistada pelas autoridades, a maçã fatiada que tinha colocado na sua mala de mão para comer mais tarde valeu-lhe uma multa de 500 dólares, por ser considerada um "bem agrícola" que deveria ter sido declarado à entrada no país.

Mas pior que a multa, é que este delito faz com que perca também o visto "global entry" que facilita o processo de entrada nos EUA, fazendo com que, de agora em diante, passe a ser considerada uma pessoa com risco mais elevado e sujeita a revistas frequentes - e tudo por causa de algumas fatias de uma maçã...

A companhia aérea, a Delta, limita-se a dizer que a comida que serve destina-se a ser consumida a bordo, colocando-se à margem de toda esta situação...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails