sexta-feira, 12 de junho de 2015

Malásia acusa turistas que se despiram na montanha de terem causado o terramoto


Podemos estar em pleno século XXI, mas continuamos a ter muitas pessoas que preferem continuar alheadas da racionalidade e a preferirem dar prioridade a crenças e superstições, como agora acontece na Malásia. O país está a proibir um grupo de turistas que tinha subido ao monte Kinabalu de sair do país, por estes se terem despido no monte, e acharem que foi isso que provocou o terramoto que assolou a região.


O local é considerado sagrado pelos locais, achando que tal acto terá desencadeado a "fúria dos deuses" que os castigaram com o terramoto - estando agora planeada uma cerimónia para apaziguar os mesmos e evitar que surjam mais castigos.

... Por muito respeito e tolerância que possa querer por aquilo que cada queira acreditar, penso que há limites para tudo. E neste caso já estão a ser ultrapassados largamente. Que queiram multar os turistas por comportamento indecente ou inadequado, muito bem; mas daí a darem o salto para que isso causou o terramoto... não é minimamente aceitável numa sociedade que se diga "moderna".

(Infelizmente, este tipo de atitude não se limita à Malásia... também nos EUA e outros países "civilizados" continuamos a ter pessoas em altos postos de poder e responsabilidade que não acreditam na teoria da evolução, nem nas alterações climáticas, etc. etc.)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails