terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Mulher processa advogados por divórcio ter terminado o seu casamento


Não faltam casos (infelizmente) de processos judiciais por todo o tipo de motivos absurdos que nos fazem perguntar se a evolução da raça humana terá efectivamente chegado a todos os "espécimes"; mas hoje temos um caso que tem como alvo os próprios advogados e por motivos que poderão obrigar-nos a ler a coisa repetidas vezes para confirmarmos que é mesmo isso que estamos a ler.

Ao que parece, uma senhora em Inglaterra está a processar os advogados que trataram do seu divórcio por não a terem alertado de que isso iria terminar o seu casamento.


Pelo que se pode entender, a senhora tem plena convicção na santidade do casamento e não está satisfeita com a actuação dos seus advogados, que falharam ao não lhe recomendarem métodos alternativos como a separação ou a tal informação de que o divórcio iria dissolver o seu casamento.

Bem... se tem tanta convicção religiosa, talvez seja questão de rezar meia dúzia de "Pai Nosso" e umas "Avé Maria" que fica o problema resolvido. (Por muito que se goste de culpabilizar os advogados... também teremos que admitir que deverão aturar cada coisa que... só visto.)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails