segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Doar Esperma no Craigslist não é boa Ideia


O Craiglist é um popular site norte-americano de classificados (que também já chegou a Portugal, com secções dedicadas ao Porto, Lisboa e Faro, e onde se pode encontrar praticamente tudo o que possam imaginar... Sim, quando digo "de tudo" é de tudo mesmo, ora vejam:

Um casal de mulheres, já com filhos adoptivos, queria ter um filho mesmo seu, e para isso recorreram ao Craiglist em 2009 para encontrar um dador de esperma. William Marotta resolveu fazer o jeitinho, mas mal sabia no trabalho em que se viria a meter.

Como seria de esperar, o trio assinou um "contrato" de forma a que o pai deixaria de ter qualquer direito ou responsabilidade financeira sobre a criança, e tudo parecia correr bem... até que agora, ao solicitar apoio social por ter ficado desempregada, o estado determinou que o pai deveria contribuir para as despesas e que o tal contrato era inválido devido à inseminação artificial não ter sido feita por um médico certificado.

As mães estão solidárias com o pai dador, pois mantêm a mesma posição que as fez procurar um dador e assinar o documento inicialmente - e o advogado de defesa diz que esta decisão não tem qualquer cabimento, pois subverte as leis que protegem os dadores de esperma precisamente contra potencias abusos de mães inseminadas. Se a questão é da falta de médico certificado, ele pergunta o que acontecerá se milhares de mães começarem a pedir esperma para engravidarem e se "auto-engravidarem" sem a ajudar de um médico. Depois passam a ter apoio parental garantido à custa desse dador?

Por via das dúvidas, o melhor é pensarem bem onde é que querem que o vosso esperma vá parar... :)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails